terça-feira, 30 de março de 2010

NOVA DESILUSÃO

Já ando cansado de escrever a palavra "desilusão".. Como referi anteriormente, dos 5 casais apenas dois estavam em processo de criação, um deles com as 5 crias e o outro (casal para fazer portadores), tinha 4 ovos, galados que deveriam ter nascido no Domingo.. Pois, hoje ainda não tinham nascido, fiquei tão danado que abri um ovo, e claro, MORTE EMBRIONÁRIA.. Fiquei mais que maluco.. Pensei de tudo, e a única coisa que me ocorreu foi o facto de eu usar ninhos de 12cm de diâmetro, e os ovos não serem chocados devidamente.. Vou colocar ninhos pequenos e ver a diferença..

Boas criações,
Vou esperar pelo final para tirar as minhas conclusões..

Abraço,
Nuno Carvalho

segunda-feira, 29 de março de 2010

FOTOS DAS CRIAS, AGORA COM 14 DIAS



domingo, 28 de março de 2010

PONTO DE SITUAÇÃO

Neste momento ainda ando meio desiludido com as criações.. Não sei se é do tempo ou o raio que seja mas tenho fêmeas mesmo preguiçosas.. Não ligam nenhum ao macho nem ao ninho.. Ando a ficar sem paciência de esperar..

Bem, o meu ponto de vista é que pelo facto de ter adquirido todo o plantel este ano, as fêmeas podem ter estranhado e ainda não se adaptaram as suas novas condições, ou simplesmente tive o azar de elas decidirem não criar mais cedo..

Dos 5 casais que tenho, só 2 estão a criar, uma com 5 filhotes quase fora do ninho e outra com 4 ovos, que devem nascer amanhã.. Os outros 3 casais, a fêmea (Gaiola 1) nunca fez ninho, nem um ovo colocou, já lhe troquei 3 vezes de macho, mas nem assim.. Outra, (Gaiola 3), coloca ovos, de 2 em 2 dias e nunca chega a entrar no choco, já é a terceira vez que me faz isso.. Também já lhe troquei macho e nada..O outro casal (Gaiola 5), está em vias de iniciar a postura, espero ter a postura ainda esta semana..

Este tipo de desalento deve-se ao facto de querer aumentar o plantel, a culpa não é de ninguém, apenas todos gostamos de ver as nossas aves criarem.. As contas só se fazem no final, eu sou o primeiro a dizer isso, mas ando meio apreensivo..

Uma das fêmeas está meia sonolenta, daí a ter separado do macho e vou-lhe dar um fotificante e protector hepático durante 3 dias, se não melhorar vou-lhe fazer uma desparasitação, mas só em ultimo recurso..

Boas criações para todos,
Abraço,
Nuno Carvalho




domingo, 21 de março de 2010

PRIMEIRAS CRIAS 2010

Crias com 6 dias.








ALGUMAS FOTOS DE CANÁRIOS DO PLANTEL 2010











sábado, 20 de março de 2010

FLORALIASEEDS - FONIOPADDY

Já á algum tempo que estou a pensar comprar esta semente.. Decidi-me e vou mandar vir muito em breve..
Aqui fica uma descrição do produto para terem uma ideia do que se trata..







DESCRIÇÃO DO PRODUTO:


Até hoje a coccidiose é curada com medicamentos que provocam nefastos efeitos colaterais negativos nas nossas aves.
FONIOPADDY é uma semente que cresce nos pantanos do Uganda. Há alguns anos que a pesquisa sobre os efeitos benéficos de FONIOPADDY que garantem ás aves na luta contra a coccidiose resultados fantásticos.
No caso das crias que sujam o ninho com fezes liquidas (enterites) FONIOPADDY em poucos dias resolverá o problema de modo natural , próprio como fazem as aves na natureza quando procuram sementes medicinais que curam as suas indisposições.





RESULTADOS ASSEGURADOS

* Cura da coccidiose * Ninhos secos * Controlo das enterites * Aves em optima forma fisica * Tudo de um modo natural sem auxilio de medicamentos 





MODO DE UTILIZAÇÃO

Durante a primeira semana, permita aos pássaros decidirem voluntariamente a quantidade que achem necessária comer. Após a primeira semana, por casal fornecer 1 colher de café por semana. Em área com 30 a 40 pássaros fornecer 2-3 colheres de sopa por semana.
FONIOPADDY deve ser fornecido puro, não misturar com qualquer outra semente ou produto.

Texto retirado do representante desta marca.


Podem ainda ver um testemunho de quem usa a semente no seguinte link:
http://canariculturatuga.com/sites/index.php?option=com_content&task=view&id=125&Itemid=28


Cumprimentos,
Nuno carvalho

sexta-feira, 19 de março de 2010

APESAR DE TUDO AS COISAS ESTÃO A MELHORAR..

Apesar da chuva ter voltado á minha companhia e dos meus canários, finalmente tenho vida nos ninhos.. Tenho 5 pasteis num e as restantes fêmeas com posturas quase terminadas.. Finalmente as coisas estão a rumar a um porto.. Tenho receio do casal pastel não dar conta do recado, pois são 5 crias para alimentar.. Coloquei um ninho grande para poderem ter espaço para se alimentar todos convenientemente.

Amanhã coloco fotos dos 5 meninos, espero que se vinguem apesar de ser difícil como estou a prever..

Contudo a humidade voltou, e quem não tem desumidificador é complicado, mas mesmo assim vamos ver..

Boas criações a todos,
Nuno Carvalho

domingo, 14 de março de 2010

COLÓQUIO COM J. Abellan e F. Grimalt

Hoje pelas 17h iniciou-se no Clube Ornitologia do Porto um colóquio sobre a mutação Jaspe, mutação ainda em estudo e que aguardaaprovação.. Foi sem dúvida algo muito enriquecedora para mim e não só.. Deslumbrei o trabalho e dedicação a que esta mutação esta a ser submetida.. Penso que acima de tudo temos de respeitar quem está a ter todo o trabalho nesta mutação.. O estudo e tentativa de melhoria é constante.. Cada ano que passa novos horizontes se abrem, e cada vez se aproximam mais do Standard provisório.

Bem hoje este colóquio iniciou-se com com a introdução de J. Abellan (pai da mutação) sobre o como foi descoberta a mutação, e não me surpreendeu saber que foi "sem querer" que a mesma foi descoberta.. Tudo na natureza é assim, depois por selecção natural faz com que a mesma resista ou não mediante a sua adaptação ao meio em que vive.. Aqui foi pelas mãos de J.Abellan que ela sobreviveu.. De inicio, segundo ele, não queria fixar a mutação nos canários, mas sim fazer híbridos bonitos (pois a mutação estava num cabecita negra) mas deu nisto e descobriu algo que com sorte bem sobrevivendo ao longo dos tempos.. Para quem não sabe, José Abellan é hibridista, daí ter sido sem querer esta fixação.. O magico, para mim é o facto de esta mutação ter a particularidade se ter os SD (Diluição simples) e os DD (Dupla Diluição), digamos que é parecido com os Intensos e os Nevados... Muito, mas muito trabalho está as ser desenvolvido por parte destes senhores.. Estão a tentar fixar e pormenores fantásticos na  mutação e claro a melhorar o mais possível. Depois tivemos uma introdução com O Sr. Grimalt sobre genética, que foi muito enriquecedora e eu concordo em muito com ele, apesar de alguém lá não ter concordado, o que para mim foi falta de respeito, mas isto na minha opinião... Podemos e devemos colocar duvidas e questões, mas com devidas normas..

Temos de ter respeito com quem trabalha para evoluir algo, e foi com muita pena que soube hoje que neste mundial o canário Jaspe não teve mais uma aprovação.. Parece-me ser algo muito bem trabalhado e com Futuro..

Fotos do coloquio (peço desculpa pela qualidade mas foi com o telemovel)
















P.S. - Chegaram hoje ao meu clube as anilhas do 3º pedido, portanto quem estiver á espera já pode ir buscar.

Abraço,
Nuno Carvalho

quinta-feira, 11 de março de 2010

REJEIÇÃO DE ANILHAS

Numa tentativa de evitar a rejeição das anilhas por parte dos progenitores, estou a fazer uma experiência, mas só no final poderei tirar conclusões..

Esta experiencia passa por colocar no meio do material para o ninho pedaços de material da mesma cor das anilhas do ano. Este ano como as anilhas são cor de laranja, coloquei pedaços de fios cor de laranja, e assim habituar as fêmeas à cor das anilhas..

Coloco uma foto de um ninho com esse material..












Cumprimentos,
Nuno Carvalho

ANO DIFERENTE NA CANARICULTURA

Bem, este ano segundo a maioria dos criadores Portugueses, está com um arranque pior que em anos anteriores, eu não posso falar muito pois nunca criei com os mesmos objectivos deste ano... Para já apenas tenho uma fêmea no choco, que pensei que tinha 4 ovos galados em 5 mas afinal tem 100% de ovos galados, ou seja os 5.. Muito bom para uma primeira postura.. Creio que apenas 4 vão nascer pois o 5º ovo tem 2 dias de diferença dos restantes, foi um ovo colocado fora de tempo, e como já não contava com ele, não controlei essa postura.

A unica coisa que posso dizer da minha parte, é que tenho as fêmeas com os ninhos prontos (mesmo fêmeas sem macho) mas postura nem vê-la..  Isto é a única coisa que posso dizer até já.. Fora aquele pequeno contratempo no inicio das criações em que as minhas fêmeas abandonaram a postura no inicio..

As queixas que mais me tenho apercebido é o facto dos progenitores não alimentarem as crias ou mesmo as crias morrerem com 5, 6 dias de vida sem razão aparente... A qual não tenho qualquer explicação objectiva mas subjectiva, pois muitas coisas podem ser (temperaturas oscilantes, humidade exagerada... ou seja a meteorologia do nosso Portugal).

Apenas penso e aconselho calma, pois sem dificuldades não dava tanto gozo criar aves.. Só no final devemos fazer as contas, e ai sim ver como tudo correu, e ai sim tirar todas as conclusões..

Boa sorte para todos os criadores, pois praticamente já todos têm os seus casais juntos..

Cumprimentos,
Nuno Carvalho

sábado, 6 de março de 2010

INICIO COMPLICADO MAS MOTIVANTE..

Hoje foi dia de verificar os 5 ovos do único casal que tenho junto, para minha felicidade apenas 1 ovo está goro... Espero que na próxima Sexta/Sábado nasçam os 4.. A partir dai é esperar que todos sobrevivam.. Não irei dar palitada pois não tenho mesmo hipótese para tal, caso tivesse iria dar pois é o primeiro ano com esta raça, logo qualquer perda é significativa..

Como alguns sabem esta semana tive de separar 2 casais, pois não sei bem o que se passou mas as duas fêmeas colocaram o primeiro ovo e abandonaram a postura e desfizeram o ninho.. Nesta altura apenas estava a dar papa com cálcio e probiotico, não estava a dar Vitamina E pois como as fêmeas já estavam a fazer o ninho deduzi que estavam prontas.. Errado.. Separei os casais retirei os ninhos e voltei a dar vitamina E, voltei a dar papa as fêmeas todos os dias e continuei a dar germinado 3x por semana.. Os machos apesar de estarem magros, só vou dar alpista durante uma semana e vitamina E.. Aumentei também o numero de horas de luz artificial, só estava a dar cerca de 11h diárias, vou aumentar até cerca de 15h.. Não se devem aumentar assim tão rapidamente, mas errei este ano.. Vou demorar apenas uma semana a aumentar 4h, quando deveria demorar cerca de 1 mês.. Os erros pagam-se caro e eu espero ter um desconto e pagar barato.. Atenção que vou distribuir este aumento de luz pela manhã e pela noite..

Mandei um e-mail para o meu clube a perguntar pelas anilhas do 3º pedido, pois eu inocente e novato nestas andanças apenas pedi no 3º pedido, e ainda para mais falharam a data de entrega, e como tenho crias para nascer queria estar prevenido.. Responderam-me hoje e ao que parece esta para esta semana a entrega do 3º pedido.. Para a próxima época peço logo o quanto antes possível..

Outra coisa que irei fazer será delinear logo de inicio tudo o que irei dar aos meus canários durante a época reprodutiva para evitar andar como este ano a comprar coisas ás pingas.. Não paro de comprar coisas pouco a pouco.. Para o ano compro tudo no inicio da época para a época toda..

Colocarei logo que possível as fotos dos meus primeiros canários de 2010, mas primeiro têm de nascer e vingarem-se..

Cumprimentos a todos, e boas criações..

Nuno Carvalho

quinta-feira, 4 de março de 2010

ENTREVISTA A JOSÉ FRANGOLHO - CRIADOR DE CANÁRIOS DE COR

Antes de mais queria dar-lhe os parabéns pelas várias medalhas, que ganhou no 58º Mundial de Ornitologia 2010 realizado em Matosinhos Portugal, passo a citar: Medalha de ouro e prata em Equipas de BRANCOS RECESSIVOS. Em individual medalha de prata e bronze em BRANCOS RECESSIVOS e queria agradecer novamente o facto de ter aceite responder a este questionário, o objectivo é divulgar o seu trabalho assim como ajudar os mais jovens nesta arte tão relaxante..
1. 
Para iniciar o que nos pode dizer acerca de si? (Breve apresentação).

R:O meu nome é José Frangolho e sou de Vila Real de Santo António e sou criador de canários de cor.

2.
O que sente um criador quando conquista tantas medalhas na competição mais importante deste Mundo Ornitológico, refiro-me ao Mundial disputado este ano em Portugal (Matosinhos)?

R:
Realmente essa é uma pergunta difícil de responder,pois eu podia estar aqui um dia inteiro e não conseguia expressar o que senti nesse momento,mas para alem de todos os outros sentimentos,um enorme orgulho nas minhas aves,e também de certa forma um reconhecimento de um longo trabalho de muitos anos.

3. 
Por vezes não conseguimos explicar certas coisas, mas de onde vem este seu gosto por aves, neste caso canários? E o porquê de serem canários de cor?

R:Eu desde que me lembro tenho ligação com animais,pois o meu pai é columbófilo á muitos anos e eu sempre gostei de animais.Eu desde os 9anos que tenho canários,mesmo não tendo canários de raça,mas sempre criei com alguns casais.

4. 
Mudando um pouco de assunto, que raças cria de momento?

R:
Neste momento estou a criar com Brancos Recessivos,amarelos int/nevados,negros amarelos int/nev,negros vermelhos mosaico,e este ano vou dar inicio aos vermelhos int/nev.

5. 
Com quantos casais criou a época passada, e quantos esta a pensar criar esta época que está quase a iniciar-se ou até já se pode ter iniciado?

R:
O ano passado criei com 30 casais,mas este ano aumentei até ao limite do meu pequeno canaril e vou criar com 45 casais.

6.
Para si, qual será o momento ideal para juntar os casais? Devemos apressar-nos?

R:
Eu penso que o momento ideal,para iniciar as criações é finais de Fevereiro,mas eu infelizmente tenho sempre que iniciar mais cedo, pois o meu canaril com o calor atinge temperaturas altíssimas e é impossível criar assim.Pois eu logo no inicio de Maio tenho de separar os meus casais.

7.
Escolhe os seus reprodutores baseando-se no fenótipo ou genótipo?

R:
Eu penso que para mim, o ideal é escolher baseando-se nas duas coisas isto sempre que possível.

8.
As suas baterias de criação e voadeiras têm que dimensões?

R:
 O alojamento dos meus casais é em gaiolas de 1metro dividido por dois casais,as minhas voadeiras tem 1,20por 80cm de altura,onde meus canários fazem a muda.

9.
Concorda que um canaril com condições é grande passo para o sucesso das criações e exposições?

R:
Eu realmente penso que um canaril com boas condições é muito favorável para uns bons resultados nas exposições e criações, mas felizmente para mim não é tudo.

10.
Como aconselha o alojamento dos canários? Interior ou exterior? Porquê?

R:
Eu penso que o alojamento interior é sempre mais favorável pois as condições são sempre mais favoráveis para a saúde dos nossos canários e principalmente para a altura das criações.

11.
Visto que cria canários brancos, a sua preparação para exposições deve ser minuciosa, pois qualquer descuido pode comprometer um ponto que seja.
Como é que se prepara para uma exposição? Com quanto tempo se começa a preparar, isolando aves etc..?

R:
Eu na verdade começo a cuidar dos meus canários para as exposições desde o momento que eles saltam do ninho.Penso que o cuidado com nossos canários não se deve restringir à altura das exposições. O mal de alguns criadores é só se preocuparem com todos os cuidados quando se aproxima a altura das exposições,e isso não está certo,isto sem querer dizer que eu penso de uma maneira melhor que os outros.Cada um trata de seus canários como bem entender.

12.
No seu blog vi que visitou o Mundial de Ornitologia 2010.
Qual a sua opinião sobre o Mundial organizado em Portugal?

R:
A organização do Mundial está de parabéns pois foi tudo muito bem organizado,com muita dedicação de todos os seus elementos,realmente estão de parabéns.Penso que o único problema foi o calor que se sentiu principalmente no sábado,dia de grande numero de visitantes.
Também a qualidade das aves era muito grande em todas as classes,o que também veio beneficiar a exposição.

13.
Já ganhou alguns prémios, alguns recentemente, de todos qual o deixou mais contente?

R:
Todos os prémios até agora conseguidos deixaram-me sempre muito contente e orgulhoso mas estes prémios do Mundial são realmente os mais importantes de todos.

14.
O que considera, acima de tudo mais importante neste hobby?

R:
O mais importante acima de tudo neste hobby são os bons momentos partilhados com os Amigos e todas as pessoas que conhecemos através dele,pois um criador vive para partilhar os bons momentos com os Amigos mas também os menos bons.

15.
Todos nos temos algum hábito que não abdicamos na ornitologia, por vezes esse hábito nem tem uma influência directa no sucesso das nossas aves, mas não abdicamos dele de maneira alguma. Possui algum hábito que não abdique realmente?

R:
Realmente que eu me lembro não.

16.
Que tipo de mistura usa? Só alpista ou uma mistura preparada de acordo com as necessidades dos seus canários?

R:
A mistura que eu uso é uma mistura preparada por mim que é adequada à altura das necessidades de meus canários. Na muda é que a mistura sofre maior alteração,mas de resto é quase sempre a mesma.

17.
Fornece germinado as suas aves?Todo o ano ou só na criação?

R:
Na criação todos os dias e na muda uma vez por semana pois no Verão o trabalho aumenta muito no Algarve e o tempo já não é tanto e por isso a dificuldade em preparar o germinado correctamente.Assim sendo prefiro não dar.

18.
Que tratamento considera fundamental fazer todos os anos?

R:
O tratamento que considero de mais importância é tratar as salmonelas pelos menos duas a três vezes por ano.

19.
O que suplementos considera fundamentais? Adicionados a papa ou agua?

R:
Os suplementos que considero de maior importância adicionar a papa são os probioticos mas também algum complexo vitaminico com grande quantidade de aminoácidos.Existem no mercado grande oferta de produtos de muitas marcas.

20.
No meu ponto de vista o registo do plantel é um passo para o sucesso da evolução dos descendentes.
Que tem a dizer a cerca do registo do plantel desde o nascimento aos concursos?

R:
O registo do plantel é realmente de grande importância pois dele podemos tirar algumas conclusões para as próximas épocas de criação.Perder o registo é quase como perder a identidade do nosso plantel.

21.
Muita gente critica a qualidade das aves Portuguesas.. Mas depois destes últimos resultados no Mundial penso que muitas mentes já mudaram..
Contudo como classifica a ornitologia em Portugal?

R:
Eu penso que a Ornitologia em Portugal está a crescer a passos largos e em muito boa direção.Só tenho é muita pena que as pessoas que dão menos importância aos nossos canários são quase sempre Portugueses,preferindo pagar mais e as vezes com menos qualidade,com tantas aves de qualidade Nacionais.

22.
Recentemente legalizaram em Portugal a Fauna Europeia, apesar de o amigo José não criar Fauna como recebeu esta noticia?

R:
Eu tenho à minha maneira de ver as coisas da seguinte maneira ,criar é preservar- Por isso porque não deixar criar?

23.
Qual o seu principal objectivo na Ornitologia em geral? 

R: O meu principal objectivo na ornitologia é poder trabalhar, para dar seguimento aos bons resultados.

24.
Qual a sua opinião acerca da selecção natural nos canários?

R: Em minha opinião prefiro selecciona-los eu pois assim terão aquilo que eu penso ser as características mais importantes,para a criação e para tirar Campeões.

25.
Após ter dado este enorme contributo, coloco-lhe uma última questão:
Qual é a regra de ouro para quem se inicia neste hobby?

R: O meu conselho para quem se está a iniciar é ter sempre em mente que os animais e principalmente os nossos canários são muito sensíveis e por isso todos os cuidados são poucos,ter sempre o nosso canaril limpo,pois a limpeza é uma das coisas mais importantes,para manter os nossos canários saudáveis.



Agradeço novamente este enorme contributo e espera que as suas criações lhe corram pelo melhor.

Entrevistador: Nuno Carvalho
Entrevistado: José Frangolho

Cumprimentos,
Nuno Carvalho