quarta-feira, 24 de junho de 2009

FACTORES DOMINANTES E RECESSIVOS NOS CANÁRIOS

Se repararem no meu arquivo vão encontrar um “Artigo” em que falo de Genética “GENETICAMENTE FALANDO... ”. 
Bem hoje lembrei-me de complementar esse texto, explicando melhor os factores dominantes e recessivos presentes nos canários. Para esse “Artigo” ter sentido vou agora expor as características dominantes e recessivas dos canários. Claro que tive de me auxiliar de pesquisa para saber isto, pois este tipo de estudo não é imediato leva o seu tempo.. Se virem o estudo realizado por Mendel, vão entender que ele escolheu as ervilhas para o seu estudo, porque estas crescem em grande número, e assim a amostra seria maior para poder concluir algo. Como os canários se reproduzem lentamente aproveitei dados já organizados para vos dar a conhecer quais as características que dominam nos canários umas perante outras. Nos canários existe sempre uma característica que vai dominar perante a outra, não sendo a que domina sempre dominante, esta pode ser dominante perante um factor mas perante outro qualquer ela pode ser recessiva.. A melhor forma de explicar isso é o quadro que vos vou apresentar em baixo, o qual retirei do site: www.avesloule.com

 
Este quadro mostra quando um factor que domina perante outro, qual delas domina e qual é recessivo, ou seja, o exemplo dos Castanhos são dominantes perante Isabelas, mas os Negros-Castanhos já vão ser dominantes perante os Castanhos. É tudo uma questão de factores que dominam em relação a um factor, e em relação a outro já serão recessivos.. 

De uma forma já conhecida temos os seguintes acasalamentos e seus descendentes: 
Macho Puro x Fêmea Pura - Todos os descendentes são puros.  
M Puro x F Normal - 50% machos portadores, 50% fêmeas normais.  
M Portador x F Normal - 25% machos portadores, 25% machos normais, 25% fêmeas puras e 25% fêmeas normais.  
M Normal x F Pura - 50% machos portadores 50% fêmeas normais. 
M Portador x F Pura - 25% machos puros, 25% machos portadores, 25% fêmeas puras e 25 fêmeas normais.

CONSIDERANDO PURO COMO SENDO HOMOZIGOTO (RECESSIVO OU DOMINANTE) E NORMAL COMO SENDO HETEROZIGOTO (NESTE CASO UM DOS ALELOS DONINANTES E OUTRO RECESSIVO)... Espero que tenham gostado da minha abordagem ao assunto, apenas tento simplificar informação que já existia contribuído sempre com os meus conhecimentos. 

Cumprimentos, 
Nuno Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário